sábado, 29 de janeiro de 2011

24ª Baja Portalegre 500

Ricardo Porém brilhou em Portalegre
• A dupla Ricardo Porém/Manuel Porém confirmaram a conquista do campeonato com mais uma excelente exibição na última prova da temporada;
• O piloto alcançou mais uma vitória no T2 e um 5º lugar à geral, sendo assim brindado com um 3º lugar à geral no CPTT.

Depois de terem confirmado a conquista do campeonato, no Rali TT Terras da Raia, os manos Porém regressaram à competição na mítica Baja Portalegre 500, prova que serviria para consagrar os jovens campeões. Assim a dupla entrou na prova sem qualquer tipo de pressão e no prólogo obteve um bom 13º lugar à geral e uma 3ª posição entre o agrupamento T2. A forte queda de chuva ao longo de toda a Sexta-Feira fazia prever que iríamos assistir a um Portalegre como antigamente, algo que se pôde confirmar ainda na Super Especial. 
No Sábado havia para disputar cerca de 400 Km’s cronometrados e a chuva também não deu tréguas aos pilotos durante todo o dia. Ricardo Porém não teve a sorte do seu lado no primeiro Sector Selectivo, com cerca de 180 Km’s, onde foi vítima de um furo que o fez perder algum tempo e assim, quando ainda não tinha alcançado a primeira metade da prova, o piloto estava na 20ª posição. Contudo a parte da tarde trouxe muitas surpresas e com uma prestação notável, a jovem dupla leiriense conseguiu alcançar a 3ª posição no Sector Selectivo, que lhe permitiu terminar numa excelente 5ª posição da Geral e alcançar assim mais uma vitória no Agrupamento T2, numa prova que era pontuável para a Taça FIA de Bajas.



Esta fabulosa exibição permitiu que a dupla não só cimentasse a liderança do Agrupamento T2, mas permitiu também que alcançasse ainda um excelente resultado à geral no campeonato. Ricardo Porém subiu à terceira posição da geral no CPTT, atrás de Filipe Campos e José Dinis Lucas. 

No final da corrida que encerrou a temporada Ricardo Porém não escondia toda a sua felicidade: “Foi uma prova bastante difícil, pois a chuva e a lama trouxeram-nos dificuldades acrescidas. No sector da manhã acabámos por não conseguir transformar o nosso bom andamento em resultados, visto que furámos por volta do Km 50 e tivemos ainda alguns problemas eléctricos no carro. Partimos para o SS3 dispostos a dar tudo para recuperar a desvantagem que tínhamos para o primeiro classificado do T2.”, afirmou o piloto que acrescenta: “Acabámos por conseguir vencer no Agrupamento e ainda atingir um brilhante 5º lugar à geral, ainda que um furo nos tenha voltado a fazer perder tempo quando faltavam cerca de 50 Km’s para o fim. Tal como queríamos fechámos o ano com “chave de ouro”. É uma sensação fantástica. Foi o concretizar de um sonho”, terminou.

Classificação Final:

Geral
:
1º Krysztof Holowczyc; 2º Filipe Campos + 8min33s; 3º Joan Roca Vila + 19min24s; 4º Henrique Silva + 31min20s; 5º (1º T2) Ricardo Porém + 38min19s.

CPTT 2010:

T2:

1º Ricardo Porém - 139 pontos; 2º José Camilo Martins - 101 pontos; 3º Américo Antunes - 95 pontos.

Absoluto:

1º Filipe Campos - 45 pontos; 2º J. Dinis Lucas - 37 pontos; 3º Ricardo Porém - 31 pontos.

Sem comentários: