quarta-feira, 27 de abril de 2011

A RECUPERAÇÃO REVELOU-SE…INGLÓRIA


A dupla Campeã Nacional de Todo-o-Terreno 2010, na categoria T2, não conseguiu concretizar os seus intentos na segunda prova do CPTT 2011, já que foi obrigada a abandonar a cerca de 15 quilómetros do final do primeiro sector selectivo por causa de um curto-circuito no BMW Série 1 Proto, numa altura em que já tinham recuperado até á quinta posição da geral…
Depois de uma Super-Especial algo infeliz , mercê da quebra inesperada de uma transmissão do BMW Serie 1 Proto, Ricardo Porém encarou ainda assim os sectores selectivos da prova, com uma forte determinação, mesmo consciente das dificuldades que teria para ultrapassar concorrentes necessariamente mais lentos em pista.
«Já na Super-Especial, partiu-se uma transmissão, o que nos forçou a cumprir a segunda passagem por aquele percurso, com ainda maiores cautelas. Apenas no final do dia conseguimos ter de novo a peça para mudar e com a possibilidade que o regulamento nos deu de fazer assistência até quase á hora da partida para o 1º SS, garantimos que a reparação foi feita com toda a segurança. Tínhamos uma tarefa bastante difícil pela frente, mas estávamos motivados e desejosos de mostrar as nossas capacidades, pelo que entrámos ao ataque e desde cedo começámos a ultrapassar concorrentes mais lentos… felizmente com a colaboração de quase todos…»

Uma recuperação que cinquenta quilómetros depois já dava o sexto lugar absoluto á dupla de Leiria e á passagem do CP2, os colocava num fantástico quinto lugar, logo atrás do campeão alemão Mathias Kahle e á frente do Vice-Campeão 2010, José Dinis Lucas…
«Com as informações que nos foram dando, continuámos ao ataque, mas sempre sem correr riscos desnecessários mas infelizmente a cerca de 15 km do fim do sector, um curto-circuito fez com que o motor se “calasse” sendo impossível voltar a coloca-lo em marcha, pelo que a desistência foi inevitável.
Estou bastante desiludido, pois acreditava que mesmo com o problema que ocorreu na Super-Especial, poderia conseguir um bom resultado em termos de campeonato, mas uma vez mais a sorte não esteve connosco e apesar de todos os esforços ainda não foi desta que demos uma alegria aos nossos patrocinadores… Fica para a próxima, mas estou certo de que temos andamento para andar na luta pelo menos por um lugar no pódio.»
A dupla de Leiria, já não partiu para o segundo sector selectivo, pelas razões apontadas acima, estando já em cima da mesa a marcação de uma sessão de testes de fiabilidade com o BMW Serie 1 Proto, para tentar garantir já na próxima prova – organizada pelo Motor Clube de Guimarães – uma classificação que possa reflectir de forma evidente todo o valor desta jovem equipa.
Encontro marcado então para os dias 25 e 26 de Junho, data marcada para a realização do Rali TT Serras do Norte, terceira prova do CPTT 2011 

Sem comentários: