terça-feira, 25 de outubro de 2011

FECHAR A ÉPOCA NO PÓDIO DE PORTALEGRE



Ricardo e Manuel Porém partem determinados para a derradeira prova do CPTT 2011, dispostos a esquecer todas as contrariedades da época e ambicionando um lugar no pódio da prova idealizada por José Megre, que este ano celebra o seu 25 aniversário. O BMW Série 1 Proto está mais competitivo do que nunca e por isso a confiança da equipa é grande…

Apesar do abandono na prova de Idanha-a-Nova, as indicações dadas pela equipa e pelo carro, foram bastante positivas; Ricardo e Manuel Porém, comandaram a prova desde o início, até que um problema técnico inesperado, lhes retirou a possibilidade de virem a conseguir uma vitória mais do que merecida.Ao que parece  – e já foi comprovado por todos  – a competitividade do BMW Série 1 Proto, está nesta altura num nível bastante elevado e por isso mesmo para Ricardo Porém, nada melhor do que partir com determinação, para poder encerrar a época da melhor forma possível:


“Depois da primeira alegria em Proença-Oleiros, veio a decepção de Idanha, mas há muito que ultrapassámos aquela situação. Estou consciente de que íamos muito bem e de que poderíamos ter ganho, mas são coisas que acontecem nas corridas. 
Agora, para Portalegre, trata-se de enfrentar uma concorrência ainda maior, optar por um ritmo adequado e tentar chegar ao pódio. Podem pensar que estamos a ser muito ambiciosos, pois o lote de equipas presentes, é fantástico em termos de quantidade e qualidade, mas está na altura de mostrarmos o nosso valor e provarmos que a nossa aposta neste projecto é  para valer, para honrarmos os compromissos com os nossos patrocinadores.”

Uma Baja 500 Portalegre bastante diferente de outras edições, com uma quilometragem mais limitada, 
mas que mantém a mística de uma prova com 25 anos de existência

“Mais do que em qualquer outra prova, Portalegre é aquela em que todos desejamos uma vitória, ou pelo menos um bom resultado. O carisma de José Megre está sempre presente na baja alentejana, pelo que a atitude que todos nós lhe devemos, passa por fazer o melhor que podemos e sabemos, para honrar aquele a quem se devem as bases do TT em Portugal. 
Esse sentimento também move a nossa equipa, e vai ajudar-nos a vencer as adversidades da prova.»

A Baja 500 Portalegre começa na próxima 5ª feira, com a disputa do habitual prólogo nos arredores da capital do Alto Alentejo. No dia seguinte, a organização previu apenas dois sectores selectivos com 141,59 kms e 236,61 kms, antes da consagração dos vencedores no recinto da Nerpor.





Sem comentários: