terça-feira, 28 de maio de 2013

2ª Prova da Classic Cup 2013 - João Mexia/Nuno Machado

História de uma derrota anunciada. No seguimento do “contrato” com o nosso “patrocinador” a Secção de Desportos Motorizados da AAC, fica aqui o relato do rali da Sertã realizado este Sábado dia 25. Foi o segundo rali do renovado troféu ClassicCup, mas que para nós começou desde a quinta-feira interior a correr mal. Ao fim de muitas jornadas gloriosas o 911 teve de fazer uma revisão. Infelizmente os prazos falharam e a dois dias do rali vimo-nos confrontados pela falta de carro para disputar o rali. Depois de analisada a situação, restou-nos recorrer ao que à anos tentou ser o nosso carro de reserva, o Porsche 924 Turbo, Vermelho…….. Embora poucos saibam, foi com outro 924 turbo, que nos estreámos em ralis, com um 5º lugar no saudoso rali da Transportugal, organizado brilhantemente pelo também Saudoso José Megre. Na altura disputávamos habitualmente a Transportugal de todo o terreno, pelo que foi esta mudança do José Megre que nos abriu as portas para os ralis de regularidade. Logo aqui senti o desgosto de não ir num carro Negro, e com esta cor vermelha, fiquei logo receoso com a hipótese do rali da Sertã chegar aos descontos……….pelos visto nem foi preciso chegar lá para correr mal. Com todas estas contrariedades, lá equipámos o 924 com os aparelhos disponíveis, pelo que nos apresentamos à partida nas condições possíveis. Antes de passar às peripécias da nossa prova e de um “feliz” 4º Lugar, quero saudar o regresso do João Queirós, nosso velho companheiro de luta desde a referida Transportugal, e que mostrando que quem sabe não esquece, arrancou um 2º lugar, infelizmente num carro pouco histórico. Mas temos que nos ir habituando ao surgimento de carros “menos velhos”…